Terminais TED _ ferramentas para automação de coleta e consulta de dados # CONCEITO #

veja abaixo: SEÇÃO DO USUÁRIO – SEÇÃO DO INTEGRADOR  CONCEITO / VANTAGENS:

SEÇÃO DO USUÁRIO:
Os terminais TED foram feitos para aumentar a agilidade e confiabilidade nas operações de entrada e consulta de dados, exemplos:
> NA INDÚSTRIA nos vários pontos da cadeia produtiva, no estoque de materiais e na expedição, se recolhem informações através de apontamentos para supervisão, gerenciamento e tomada de decisões.
– Controles e acompanhamento de materiais, estoques, reposição de itens, planejamento de compras, expedição, recebimento e transportes;
– Supervisão de tarefas e procedimentos no chão de fábrica, gerando resultados para planejamentos e controles;
– Gerenciamento de tempos de máquina e mão de obra, horas paradas, manutenção, eficiência e apontamentos gerais;
> NO COMÉRCIO o apontamento é necessário para atendimento ágil e de qualidade aos clientes ( Comandas ), apontamento da mão de obra ( rateio ) e otimização no preparo e execução dos produtos oferecidos e controle dos estoques e materiais envolvidos.
> Automação adequada: Muitas vezes esse apontamento é executado através anotações manuais, altamente passíveis de falhas e erros, que inviabilizam uma adequada percepção de resultados, ou em equipamentos pouco adequados ao ambiente e tipo de operadores ( PCs, tablets, outros ) que acabam envolvendo altos custos em aquisição, manutenção excessiva, dificuldade de operação, softwares operacionais e grande rotatividade / reposições.

Os terminais TED são adequados ao papel de coletar e informar os dados necessários, gerando simplicidade de uso e manuseio nos locais acima descritos. Possuem grande robustez ( vida útil média acima de 7 anos ) e dimensões adequadas à instalação em locais estratégicos. Além da vantagem de não serem visados para furto e uso indevido _ Possuem :
– VISOR de tamanho e luminosidade adequados à fácil e ágil leitura;
– TECLADO de alta durabilidade que oferece digitação segura, ágil e simples;
– INTERFACE Ethernet para comunicação em redes a cabo e wireless WI-FI de fácil configuração:
– INTERFACE para conexão de leitores de código de barras externos tipo pistola e outros;
– INTERFACES seriais para conexão de balanças, impressoras e outros dispositivos seriais;
– OPCIONAL leitor código de barras Laser interno ( embutido no gabinete ) para leitura de produtos e crachás a até 50 cm. de distância; 
– OPCIONAL leitor de fenda interno ( slot embutido no gabinete ) para leitura de cartões e crachás cód. barras ou tarja magnética;
– Sistema Operacional _ GER (gerenciador) de fácil integração à todas as linguagens de programação;
– Produto nacional com todo suporte, reposição e assistência técnica, com mais de 30.000 unidades fornecidas e larga experiência em projetos.  

Para instalação, configuração, testes de funcionamento e maiores informações das características e funcionalidades dos Terminais TED vá para https://www.colleter.com.br/category/caracteristicas-tecnicas/

A linha de Terminais TED COLLETER é uma série que constitue uma família de modelos _ com visores de 2 ou 7 linhas, leitores código de barras internos ( embutidos ) opcionais, teclado numérico e alfanumérico e outras funções. Para conhecer todos os modelos e encontrar aquele mais adequado à sua necessidade, siga o link _   https://www.colleter.com.br/o-modelo-certo-ao-seu-projeto-de-automacao-industrial-ou-comercial/

SEÇÃO DO INTEGRADOR: 
Se o seu produto / sistema oferece automação do apontamento de dados em locais estratégicos da cadeia produtiva, do atendimento a clientes, ou da gestão de materiais e estoque no ambiente industrial ou comercial, considere o Terminal TED como mais uma opção a ser oferecida ao seu cliente e valorize o seu produto com maior leque de recursos e possibilidades. Temos total interesse em promover e dar o suporte necessário à homologar nossos Terminais ao seu produto / sistema. É uma ferramenta adequada e consolidada (com mais de 30.0000 unidades instaladas) para melhor e mais fácil operacionalização das tarefas de automação de coleta e consulta de dados. 
Muitos sistemas de automação “sofrem” pelo uso de equipamentos pouco adequados às tarefas diárias de apontamento de dados, quer seja pelo seu tamanho,  fragilidade, dificuldade de digitação ágil e leitura fácil, não operação com código de barras, etc. Isso resulta em falhas, desuso e consequentes resultados pouco satisfatórios. Os Terminais TED poderão ajuda-lo nesse processo.
Além de não gerarem ônus ou preocupações com aquisição e atualização de sistemas operacionais, os terminais TED atualmente são acompanhados de um sistema Gerenciador ( GER ) que é um verdadeiro sistema operacional dedicado, que realiza todas as tarefas que os Terminais oferecem, com grande facilidade de integração aos sistemas dos Parceiros. O GER integra-se às variadas linguagens de programação e caso não esteja atualizado para a linguagem utilizada pelo seu sistema, basta solicitar que a atualização será realizada.

Para conhecer protocolo / comandos das operações dos Terminais TED, o Sistema Gerenciador ( GER ) para integração à softwares de aplicação, bem como outros recursos de integração e de programação use os links a seguir:
Link 1 >   para Termimais TED da série TC com interface de conexão IP Ethernet via cabo;
Link 2 >   para  Terminais TED da série TW com interface de conexão IP Ethernet via cabo + interface wireless Wi0-Fi 802.11n e nos itens 4 e 5 abaixo:
 – INDICE: 
1 – Configurando o Terminal TED série TC ou TW (passo a passo);
2 – Testando o funcionamento e conexão ao PC;
3 – Funcionalidades, teclado, conexões traseiras e pinagens;
4 – Protocolo e comandos de operação / programação; 
5 – Recursos de Integração à sistemas ( softwares ) de aplicação;  
A linha de Terminais TED COLLETER é uma série que constitue uma família de modelos _ com visores de 2 ou 4 linhas, leitores código de barras internos ( embutidos ) opcionais, teclado numérico e alfanumérico e outras funções. Para conhecer todos os modelos e encontrar aquele mais adequado ao seu projeto, siga o link _ 

 CONCEITO / VANTAGENS:

O Microterminal em sua correta concepção, oferece a propriedade de estar conectado em rede de vários pontos à mesma CPU ( host ), assim como os Terminais de Vídeo de um Mainframe, podendo então vários operadores capturar dados e coletar informações do mesmo banco de dados que geralmente, no universo dos Microterminais, é um microcomputador PC. Sempre no conceito de operação em rede _ Cliente x Servidor.
Atualmente, dada a semelhança física, alguns fabricantes erroneamente passaram a denominar pequenas CPU´s ( pequenos microcomputadores ) de Microterminais. Chega-se ao ponto de darem referência tipo: “Microterminal Autônomo”, o que na verdade é bem contraditório. Percebe-se então que a denominação Microterminal ganhou (estando isso certo ou errado) uma maior dimensão em suas formas de entendimento.
Os Microterminais e Coletores COLLETER classificam-se na qualidade de estações de trabalho em rede, servidoras do HOST (microcomputador) _ capturam e consultam dados de um microcomputador, alimentando o sistema, operando na rede integrada da empresa, em sistemas profissionais e abertos, sem restrições de alterações e implementações.

A > Vantagens operacionais
_ Tamanho reduzido, ocupando menores espaços – ocupando um volume no mínimo 10 vezes menor que um microcomputador normal. Podem ser utilizados em cima de mesas grandes e pequenas, balcões, em pequenos espaços, ou instalados em parede, colunas, ou suportes verticais. Modelos tipo mesa / tipo parede / tipo portável ou portátil _ com mobilidade ( Wi-Fi );
_ Maior robustez e alta resistência a falhas – devido suas características simples de concepção, não possui sistemas mecânicos como Hard Disk ( HD ), floppy disk, possui baixo consumo não utilizando fonte de alimentação complexa, é monousuário, monotarefa o que implica em CPU e componentes mais simples que um microcomputador, ganhando maior robustez e durabilidade _ mínimo acima de 5 anos;
_ Sistema operacional proprietário embarcado – possui sistema de operação completo já gravado em sua memória não volátil ( firmware ) que acompanha o equipamento, não dependendo de outros sistemas operacionais. O carregamentro do sistema de operação do Microterminal é rápido e direto, sendo algo totalmente automático e transparente ao ser energizado. Isso promove a economia da não necessidade de intervenções e custos com sistemas operacionais e total segurança contra furtos;
_ Maior facilidade de utilização à qualquer tipo de operador – por se tratar de um equipamento de aplicação direta ( teclado interativo ), qualquer operador, de qualquer nível, realizará coleta de dados de maneira simples e ágil, através do teclado simplificado ou até legendado, através de dispositivos específicos de leitura ( explo. leitor de código de barras ) e será dirigido em suas tarefas pelas consistências e consultas oferecidas no display LCD;
_ menor grau de risco de furtos;
_ custo reduzido;
_ fabricação e tecnologia nacional, agregando melhor suporte técnico e acompanhamento pós venda, propiciando facilidade em customizações e projetos especiais;

B > vantagens técnicas _
_ conexão em rede através de interfaces usuais de mercado baseadas em endereço IP – Ethernet ( rede via cabo ) e Wi-Fi 802.11 n ( rede via antena ) – potência para autonomia de até 350 metros de distância;
_ interfaces específicas para periféricos de captura e consulta de dados – leitura de código de barras, cartão magnético, leitura biométrica, RFID, conexão de impressoras, conexão de balanças, conexão de catracas, entradas e saidas digitais, interfaces contadoras, e vários outros dispositivos específicos;
_ teclados apenas numéricos, teclados alfanuméricos, teclados com teclas de função, teclados relegendáveis, opções de displays LCD de 2 a 10 linhas sempre com luz de fundo ( back light );
_ modelos tipo mesa ou parede, fixos ou portáveis, com ou sem leitores acoplados ao gabinete

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 nosso Whats: 11 94990-7361